2 de janeiro de 2014

I GUESS I´M BACK

20h e dia de equinócio de Outono.  Foto tirada no último dia da única semana de férias que tive em 2013
Eu a Zola e o pai Bones

Após longos meses desaparecida em combate, acho que voltei (mas só posso ter a certeza daqui a algum tempo). A explicação é simples, viver num país em crise leva a excesso de trabalho, e quando temos um bebé de 9 meses todos os minutos se esfumam. A minha rotina chegou a ser tão ridícula como:
- levantar às 7h
- levar a bebé à creche
- trabalhar até às 19h30
- chegar a casa às 20h
- dormir de 4h em 4h
- levantar às 7h outra vez

Indignada com isto fiz um requerimento: sair às 16h. Acederam ao meu pedido e a rotina começou a ser  parecida, com a diferença única de poder ir buscar a bebé à creche. Horário de trabalho das 9h30 às 16h, e depois das 21h às 00h. Cansadíssima, acabei por me transformar em freelancer. E cá estou eu, com muito trabalho à mesma, é um facto, mas a ver a miúda de perto e a acompanhá-la o melhor que posso. Ou seja, este ano coloquei a vida numa balança e achei que um bebé está definitivamente à frente de um trabalho, mesmo que isso signifique ficar mais pobre. Mas mais rica noutras coisas que não se medem em euros. 2013 foi um ano de extremos: tive uma filha, dormi de menos, trabalhei de mais. 2014 é uma tela branca prestes a ficar colorida. Bom anooooo!


1 comentário: