18 de abril de 2014

Ontem foi para outro mundo um dos escritores mais brutais que li. O romance "Cem anos de solidão" do Gabriel García Marquez é o meu livro preferido e tenho mesmo muita pena que alguns seres não possam ser imortais. Será imortal e inesquecível de outra maneira.

Sem comentários:

Enviar um comentário