12 de maio de 2014

PRENDA SALVAJE


Ontem fui surpreendida por uma prenda de Natal atrasada. Deve ser das prendas mais sui generis que recebi até hoje. Não é por estarmos em Maio, é pela harmonia entre os elementos. Isto inspira qualquer pessoa: uma lata de atum Ramirez, uma embalagem de arroz Le Chef Atlantic categoria Salvaje, e um par de raquetes de praia. As prendas com capacidade de nos fazer rir são as melhores. Obrigada Tito!

Sem comentários:

Enviar um comentário