12 de outubro de 2014

MALALA E KAILASH


Este ano o prémio Nobel da paz não podia ter sido mais bem atribuído. A Malala e a Kailash, ambos defensores dos direitos das crianças, pela educação e pela liberdade. Há seres humanos notáveis, e de certa forma esta atribuição ridiculariza um pouco o Nobel entregue ao Obama.
Há uns largos meses,  logo após a notícia de ter sido baleada na cabeça, o meu pai retratou-a nesta pintura, com uma das técnicas que eu mais gosto, e foi através desta tela que eu soube o que se tinha passado. Agora ela é Nobel juntamente com Kailash. Pai, falta o retrato dele.


Sem comentários:

Enviar um comentário