6 de janeiro de 2015

VIAGEM AO PASSADO

Hoje, pela primeira vez na vida, fui cantar as Janeiras. Verdade, verdadinha. Fui convocada pela creche da punk Zola (que está cada vez mais punk e o cabelo já me começa a cair) para ajudar a acompanhar os meninos da sala dos dois anos enquanto cantavam as Janeiras rua fora. Fomos com as pandeiretas a mais do que um café, a uma loja, a uma oficina de chocolates e à PSP. Os Srs. agentes foram fofinhos e deram aos meninos bolas de sabão (com a marca da PSP, atenção) mas o mais emocionante de tudo é ver a transformação na cara das pessoas, que estão maldispostas a tomar um café antes do trabalho, ou maldispostas a dizer mal da vida atrás do balcão, e que de repente, têm uma epifania e ficam com um ar angélico, bem-disposto e sorridente. Alguns só não vieram atrás de nós cantar as Janeiras porque tinham que ir trabalhar. Depois da birra que tive que aturar esta manhã também fiquei bem mais feliz, confesso.

Sem comentários:

Enviar um comentário