19 de fevereiro de 2015

A LISTA DE BANDAS (A-Z) que os ministros portugueses deviam ouvir

Tina Turner, anos 70 | Gion Mili - The LIFE Picture Collection / Getty Images

Talvez se sintam inspirados e possa até haver a remota hipótese de um dia termos os pensamentos alinhados como estão alinhados os planetas, e as estrelas, e até algumas galáxias. Naturalmente.
P.S. (Esqueçam o Michael Bolton).
P.S.2 (Vejam o meu exemplo, vou assinalar as bandas portuguesas com outra cor e não lhes vou cobrar taxas extra por isso).

Já chega de brincadeiras. Isto não é um post, é uma viagem que fiz nos últimos dias. Partilhar músicas nos blogs com outras pessoas nunca resulta muito bem, porque normalmente as pessoas nunca se identificam com as músicas dos outros, identificam-se com as suas. E o gosto musical não pode ser discutido. Quer dizer, pode ser discutido, mas não aqui =). Não há democracia musical neste blog.

(Na verdade tenho a certeza absoluta que nunca ninguém terá paciência para ouvir este A a Z até ao fim, senão eu. =) Há uma excepção: um dia mais tarde, tenho a certeza que vou obrigar a minha filha a ouvir isto tudo, pelo menos uma vez. As mães são assim, chatas, mas através da música também se conhecem as pessoas. (estou tão chata, por mil diabos)


Aretha Franklin
Artic Monkeys
Arcade Fire


Black Rebel Motorcycle Culture
Black Keys
Bob Dylan
The Beatles


Cais do Sodré Funk Connection
Cream
The Clash
The Commitments
Chuck Berry


David Bowie
Dead Weather
Desert Sessions
Dan Auerbach
Dead Combo
Diabo na Cruz


Eagles of Death Metal
Elis Regina



Foo Fighters
Fiona Apple


Gene Vincent


The Hives
Hole


Ike and Tina Turner



Janis Joplin
Jimi Hendrix
Johnny Cash
Jefferson Airplane
Johnny Lee Hooker
Jack White
José Afonso


Kings of Leon
Keziah Jones


Linda Martini
Lou Reed
Led Zeppelin



Morrissey






Pixies
PJ Harvey
Pelican
The Pogues
Pink Floyd
Perfect Circle



Queens of The Stone Age


The Raconteurs
Rory Gallegher
Rolling Stones


Soundgarden
Sean Riley & The Slowriders
Soaked Lamb
Sea Sick Steve
The Smiths
Sharon Jones
Seu Jorge



Traffic
Ten Years After
Them Crooked Vultures
Tool




Vampire Weekend
Van Morrisson
Variações



The Who
The White Stripes
The Walkman







ZZ Top

Para quem teve a coragem de ler até aqui - sei que faltam alguns. O U e o X... não ia pôr UB-40 só para encher. Para uma pessoa de quase 34 anos, a minha lista vai ser fatalmente considerada retrógrada (segundo consta em casa, a minha lista é retrógrada desde que eu tinha 10 anos). Não me custa admitir que salvo raras excepções quase não conheço bandas novas, por opção. Prefiro conhecer uma banda velha, que sempre, ou quase sempre, me surpreende mais. Provavelmente se clicarem em alguns links vão abanar esqueletos que estavam guardados no armário há 15 anos. Ou não.

6 comentários:

  1. Tens sempre os U2... Acho fantástico que tenhas escolhido Shine on you crazy diamond dos Pink Floyd, mas estranho a falta dos Dire Straits. Também tens de os mostrar à tua filha. :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, os U2 estariam bem ali! É um exercício pessoal interessante, este da lista. É difícil incluir todas as coisas de que gostamos porque há sempre uma ou outra que escapa, definitivamente tenho que aprimorar isto, com calma. Obrigada pelo comentário, beijinhos

      Eliminar
  2. my kind of playlist. Só acrescentava os UK Subs no U e o Xavier Rudd no X. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não conheço Pés no Sofá, mas vou investigar assim que puder. As trocas valem sempre a pena. Obrigada pela dica!

      Eliminar
  3. Que categoria! Algumas coisas não conheço mas vou aproveitar e outras achei que só eu é que ouvia. Só é pena não ver aí Dave Matthews Band.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Eu também acho sempre que só eu é que gosto destas músicas, afinal há mais fãs! =)

      Eliminar