10 de fevereiro de 2015

TEMA CHATO: GAJAS A SEREM GAJAS


As gajas são bitches umas para as outras. Eu achava que não estava enquadrada nessa categoria, mas afinal estou. Sou igualzinha, sem tirar nem pôr. Quer dizer, não sou tão má quanto algumas que por aí circulam, sou só uma tirita. Há uns dias dei por mim a caminhar no passeio e a reparar nos pés das outras. A reparar em tudo. Como os movimentavam, como os pousavam, se os afastavam muito um do outro, o tipo de passo, os sapatos, até que bati com os olhos nos pés de uma senhora que tinha escolhido os stilettos mais altos para passear na calçada esburacada, e que ainda por cima entortava os tacões para fora num ângulo de 45º. Se isto é que é chique, vou ali e já venho. Dei-me ao desplante de pensar isto do raso das minhas botas mais que batidas, enfiadas numa poça de água enlameada (sem querer saber). Passados alguns minutos vi uma senhora a atravessar a passadeira. Toda ela écharpes felpudas, toda ela cabelo passado a ferro, toda ela cougar, toda ela marcas, toda ela acompanhada por um desses gestores de bancos de 30 anos. Botas: de cano alto, com trabalhado em pele rendilhada. Posição dos pés: Charlot. E eu pensei sozinha "pfff, mais uma cheia de grife que nem sabe andar". A ser má, claro.
Depois fiquei a pensar "epá, porque é que foste má para as senhoras do passeio no dia em que estava a chover? as senhoras estavam apenas a ser mulheres. Provavelmente acordaram às 6h da manhã, arranjaram o cabelo em casa, devem ter uns salários da porcaria e vivem a 3 horas de comboio do local de trabalho, se calhar ontem estiveram a limpar a casa e a fazer sopas, e todas cansadas sairam hoje a tentar ser bonitas, é só isto. e só isto já não é pouco." Juro que pensei isto (sou genuinamente boa pessoa).
Hoje... vi a foto da Uma Thurman. Eu sei, eu nunca me expresso sobre estes temas. A Renée passou, porque eu não a admirava assim tanto, mas lá está, somos mais exigentes com quem gostamos. Uma tu eras a do Kill Bill, não podias ter feito isto. A do Kill Bill 1, 2 e 3, eras aquela cheia de carisma, que eu adorava, que cortavas cabeças aos vilões e espirrava muito sangue, dificilmente alguém chegaria aos teus calcanhares, e agora isto. Estamos de relações cortadas, cancela o jacto e as compras que tínhamos combinado para amanhã. O teu carisma já era. Lá está, junto-me ao grupo das que não querem saber se estás mais feliz agora.

(Provavelmente amanhã estou a pensar que ela, por dentro, continua a ser a mesma, e deve ter ficado muito transtornada com estes ataques todos).

(Só passaram 5 minutos e já me estou a sentir menos bem por ter escrito isto, mas agora já está).


6 comentários:

  1. Respostas
    1. pois é aXifas, não é fácil gerir estes sentimentos todos. girls will be girls! =)

      Eliminar
  2. uma desilusão... Uma, Uma... o que foste tu fazer... resta-me a Kate Moss... (please Kate, never change)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ufa... não passou de falso alarme. Uma still Uma.

      Eliminar
    2. ahahah, pois foi, ontem ainda me ri, sinceramente acho que ela se divertiu à grande com este golpe de raposa =) Mas sim, ufa, Uma still Uma!

      Eliminar