15 de maio de 2015

TENHO A SENSAÇÃO DE PÁGINAS NOVAS






Hoje a revista de motos que estou a desenhar faz 5 anos. É uma edição especial de aniversário e tem design novo. Trazê-la para a banca com os meus colegas de equipa foi o que me manteve ocupada (à séria) nos últimos dias. São 116 páginas de novidades. 
Sou cada vez mais crítica em relação ao meu trabalho, mas estou contente. Porque uma edição é um pedaço de um todo, as publicações constroem-se número a número, normalmente com esforço, dedicação e amor à camisola. A REV #27 é especial, mas também é a base de um trabalho futuro, e a minha satisfação tem a ver com o facto de achar que as sementes são promissoras, ou seja há muito material para explorar a nível de design. Claro que revistas e jornais não são só design, mas também são design. O design é uma parcela importante. 

Quem compra revistas não o faz certamente pelo projecto gráfico mas acima de tudo pelos conteúdos, bons textos, boas imagens, boas ideias. Eventualmente, sem se aperceber, escolhe também pela forma como as coisas se organizam e apresentam nas páginas e é a essa parte que me dedico. 

Entre várias rúbricas novas nasceu a página de perfil, onde entra um ilustrador ou fotógrafo de motos e a novidade é que sou eu que vou editar o conteúdo. Antes de receber um convite para o fazer tive a lata de apresentar uma auto-proposta e foi aceite, por isso,  para além do desafio de manter o design gráfico à altura do que sempre foi, agora tenho outro, que é o de manter aquela página bem viva. Pesquisar, desenhar, escrever. Parecendo que não, isto deixa uma pessoa com nervoso miudinho.

(Agradeço à punk Zola a pintura extraordinária que serviu de base para as fotografias - oxalá sejas tão inspirada quanto o Dali, o Picasso, ou a Frida Kahlo - mas já se nota que sim, que vai ser melhor ainda, há ali detalhes que não deixam margem para dúvidas).


4 comentários: