29 de junho de 2015

RAZÕES PARA ESCREVER


Este fim-de-semana a punk Zola andou a aprender frases do rock. Enquanto apontava com os dois dedos na minha direcção dizia: "Mamã! You rock!", ou então "All right!", "Come on, everybody!". Tudo dito com aquela pronúncia do espaço, claro, mas a intenção era profunda e tudo na rua era do rock: os cães, os peixes, as nuvens. Um dia depois da aula fomos ao super-mercado, ela viu amendoins e começou logo a pedinchar, mas viemos embora sem os trazer - quando estávamos de regresso, disse em tom comovido e saudoso "Pirubin (amendoim), you rock". Acho que se não for ela a dizer estas coisas, quase não tenho razões para praticar a minha caligrafia.

Sem comentários:

Enviar um comentário