11 de setembro de 2015

LÁ DE ONDE EU VENHO

Chamamos açafate a um cesto baixo para pôr roupa.
Dizemos sapatilhas em vez de ténis (e nem pensar em dizer um téni, dois ténis).
Chamamos arrufada ao pão de deus.
Uma sonsa é uma pessoa que age como uma mosca-morta.
Em casa dos meus avós, uma tiborna é uma fatia de pão quente com azeite e açúcar.
E quando éramos miúdos, se nos portávamos mal, éramos rabinos, e a minha avó também chamava ao meu irmão judeu (coisas de cristãos). Em casa dos meus avós "em podendo" queria dizer "se puderes".
Lá de onde eu venho, onde o diabo perdeu as botas,
uma dondoca é uma mulher com dinheiro que não faz nada. Nem em casa.
Uma afiadeira é um afia-lápis.
Um palmier recheado é uma jangada.
Em casa dos meus pais sempre dissemos botins em vez de galochas.
Um coêlho, um joêlho ou uma orêlha têm mesmo o som de um é.
Por aqui já ouvi dizer miaufa e mangas cavas, mas eu digo miúfa e mangas à cava.
E na minha aldeia ouvi muitas vezes as pessoas dizerem "a nha mãe" que quer dizer "a minha mãe".
Se isto é tudo muito estranho, o pão recesso, ou o estrugido do norte são ainda mais remotos,
e por isso ganham encanto.
Quando cheguei a Lisboa comi muita arrufada cheia de açúcar quando queria mesmo um pão de deus, ou uma arrufada das minhas. É que um bocadinho mais ao centro, a arrufada tem côco em cima.
Gosto muito de continuar a chamar às coisas os nomes que aprendi em pequena, mas às vezes para me fazer entender tenho que fazer substituições. Ainda assim quando vou passar fins de semana ao centro o meu irmão diz que eu já venho com tiques de linguagem alfacinha, que é o que ele chama "falar à tia".

4 comentários:

  1. Ora... a tua beira deve ser perto da minha... a maior parte das coisas digo igual e continuo a dizê-las na capital do reino! (junto a essas o stineta, testo, persianas, cruzeta...)

    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. =) A tua beira deve ser mais a norte. Porque eu não digo testo nem cruzeta e não sei o que é uma stineta. Mas gostaria de saber!

      Eliminar
    2. Stineta é um miúdo/a rabino... que não pára quieto, é torcido com tendência para a asneira...

      Eliminar
    3. Adorei essa palavra. É linda, acho que a vou adoptar. É que preciso muito dela porque tenho uma stineta em casa =D Obrigada Guilhim, bjs

      Eliminar