10 de setembro de 2015

TODAS AS MANHÃS

Hoje de manhã acordei às 6h (e estava num colchão no chão).
Hoje de manhã custou muuuuuito sair de casa.
Hoje de manhã a punk Zola fez várias birras de intensidade média/grande.
Hoje de manhã pensei que afinal ainda está calor.
Hoje de manhã vi um intelectual a fazer cavalinhos de bike.
Hoje de manhã fui desrespeitada na passadeira.
Hoje de manhã não corri para passar no verde.
Hoje de manhã vi condutores a discutir.
Hoje de manhã levei bolo às educadoras, como nos anos 70 (sou tão fixe!).
Hoje de manhã vi uma mulher fingir que olhava para uma montra,
mas na verdade estava insegura da sua aparência no reflexo.
Hoje de manhã tenho umas olheiras até aos joelhos.
Hoje de manhã preciso de um café triplo.
Hoje de manhã vi uma mulher falar muito alto sobre os direitos das mulheres.
Hoje de manhã as tiazocas olharam muito para mim porque estou com um vestido
chique mas tenho sapatilhas nos pés.
Hoje de manhã arrumei o pão no frigorífico e a manteiga na gaveta.
Hoje de manhã preparei uma embalagem para a Ajuda de Berço.
Hoje de manhã achei que tomar um café sem falar com ninguém é quase um momento espiritual.
Hoje de manhã pensei que faltam cebolas.
Hoje de manhã percebi que estou frita por falta de tempo.
Hoje de manhã lembrei-me que me esqueci de ver o debate dos líderes (ainda bem).
Hoje de manhã ninguém está satisfeito com o que os líderes disseram no debate mas
ninguém tem coragem de votar noutro candidato.
Hoje de manhã vou ouvir Pixies.
Hoje de manhã, hoje de manhã, hoje de manhã. Está difícil. Bom dia.

2 comentários:

  1. Hoje de manhã passei à tua porta e vi o sol a bater nas tuas janelas e pensei: ena, que maravilha de luz logo de manhã. E depois fui a correr deixar a miúda na escola.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahaah é verdade. Isso é uma coisa que não tem preço. Obrigada pela perspectiva positiva. =)

      Eliminar