12 de outubro de 2015

IDEIAS PARA DIAS DE CHUVA











As fotos não estão grande espingarda mas não havia luz suficiente para fotografar e houve algumas que não se puderam aproveitar. Estes trabalhos são de vários alunos do workshop.

Sábado choveu muito, felizmente o plano estava traçado: passar a tarde a desenhar. Mesmo com papel, mesmo com canetas, mesmo com lápis e borracha. Foi muito bom abandonar o monitor do computador durante um dia inteirinho. Os meus olhos andavam a pedir e a minha alma também: a punk Zola ficou com a tia, juntei-me a alguns amigos e inscrevi-me num workshop de lettering da Halfstudio Signs. Foi como voltar à escola.

Já há algum tempo que andava a testar a minha caligrafia, mas era só a brincar. A história do lettering exige ainda mais dedicação do que eu pensava. Quando somos novatos há 1001 detalhes que ignoramos e desenhar uma letra requer dedicação e repetição exaustiva. Há uns tempos li um artigo sobre as propriedades anti-stress de desenhar letras e de facto temos que estar tão concentrados que não conseguimos pensar em mais nada, é uma boa forma de esquecer problemas e enxotar por algumas horas aquela nuvem cinzenta.

O workshop é bastante técnico e dá-nos as ferramentas necessárias para perceber o método. A partir de agora depende das horas que dedicar ao tema e o meu tempo livre, infelizmente, não é muito. Mas tenho a vida toda. Isto pode ser um bom hobbie. (acho que esta perspectiva não podia ser mais positiva).  Definitivamente vou manter as canetas por perto, seja pelas letras, seja pelos desenhos, é muito bom sentir que podemos trabalhar com as mãos, sujá-las de tinta e espalhar aparas de borracha por todo o lado. Back to work!

6 comentários:

  1. Que inveja! Como eu gostava de saber desenhar assim!
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carla! Não é preciso ter inveja, a maneira mais fácil é começar a ver uns tutoriais na internet e pôr mãos à obra. Não é um dom, acho que é mesmo uma questão de praticar, e mais tarde ir a uns workshops para descobrir mais coisas.É tão bom, como voltar à escola. Eu deveria praticar muito mais, mas sempre que tenho um tempinho e pego nos materiais sinto-me bem. É um escape =)

      Eliminar
    2. Acredito que sim!

      Um dia destes, ainda hei-de experimentar - preciso de uma actividade que me faça esquecer o mundo. :)

      Eliminar