27 de outubro de 2015

LUATY

Não ouço rap. Nunca ouvi a música do Luaty Beirão, mas saber que suspendeu a greve de fome foi uma boa notícia hoje. Tive medo de acompanhar este caso e evitava-o por saber que me deixava angustiada e revoltada. Assinei a petição para que o governo interviesse na sua libertação. Não aconteceu nada. Tive medo que o grito dele fosse surdo. Felizmente foi barulhento.


Sem comentários:

Enviar um comentário